Endividamento excessivo dos funcionários: entenda o problema

endividamento excessivo

O Brasil passa por uma situação econômica complicada e 71,4% das famílias estão endividadas, um patamar recorde desde a série histórica, iniciada em 2011. A inflação alta tem retirado o poder de compra dos brasileiros, que acabam recorrendo a fontes de crédito, como empréstimos, cheque especial, cartão de crédito e outros.

Para o cidadão, este é um momento grave, que leva a outros problemas como estresse, ansiedade e outros problemas mentais. Mas você sabe porque o endividamento excessivo dos funcionários pode ser prejudicial também para a sua empresa?

Entenda agora os reflexos desse problema para o seu negócio e como a empresa pode contribuir para o bem-estar financeiro dos funcionários.

Endividamento excessivo dos funcionários, por que é um problema?

Fora o impacto à vida pessoal e à convivência da família, o endividamento excessivo pode repercutir negativamente também para os resultados do negócio.

Se tantas pessoas estão com dívidas no país, isso significa, provavelmente, que grande parte dos seus funcionários também estão. E colaboradores com graves problemas financeiros tendem a ficar mais estressados, o que gera:

Perda de produtividade

Pessoas com problemas financeiros perdem a motivação no trabalho e em outras áreas da vida, como um reflexo da tristeza, preocupação e depressão.

Um estudo publicado na Biblioteca Nacional de Medicina dos EUA foi feito com 771 pacientes com depressão que possuem um emprego. Os resultados mostram que mesmo os níveis baixos de sintomas depressivos causam perda na produtividade e, à medida que o paciente aumentava 1 ponto na pontuação do PHQ-9 (um questionário usado para testar e rastrear a depressão), houve uma perda adicional de 1,65% na produtividade.

Além da queda no engajamento das equipes, também há falta de concentração e tudo isso resulta em redução da capacidade produtiva.

Se a produtividade das equipes cai, a empresa está investindo, porém, tendo menos resultados.

Aumento na abstenção

Da mesma maneira, os problemas financeiros também aumentam os níveis de absenteísmo na empresa. Isto é, há mais faltas e atrasos ao trabalho. Aqui são vários os motivos, como:

  • Falta de vontade de sair da cama e realizar as atividades, por depressão;
  • Problemas com banco e sistemas de proteção ao crédito (SPC), que ocupam tempo do funcionário para solucioná-los;
  • Procura por outras fontes de renda adicionais, dentre outros.

Mau relacionamento entre colegas

Além disso, há também uma piora no relacionamento entre as equipes, já que a falta de engajamento de uns pode afetar o trabalho de outros e o absenteísmo pode gerar maior carga de trabalho para quem está presente.

Os níveis de estresse também deixam as pessoas irritadas e sem interesse em socializar. A falta de harmonia entre colegas prejudica os resultados das entregas e, consequentemente, a satisfação dos clientes.

Como contribuir para reduzir o endividamento dos funcionários?

A saúde financeira dos colaboradores muitas vezes não é tratada como prioridade pelas políticas de Gestão de Pessoas das empresas.

O RH tem investido fortemente em saúde mental e física, em uma tendência que vem desde o aumento nos casos de Burnout e afastamento por transtornos mentais nas empresas. E, é claro, foi intensificado com a chegada da pandemia da Covid-19, que trouxe medo, ansiedade, a dificuldade do trabalho em home office, sobrecarga e outros desdobramentos.

Porém, como dissemos, o endividamento e as consequências mentais geram perdas de desempenho e, consequentemente, lucratividade. Com isso, torna-se essencial cuidar da estabilidade financeira dos colaboradores, assim como é feito com as contas da própria empresa.

Invista em educação financeira

Uma das maneiras de sair do endividamento extremo é aprender a gerir melhor as contas de casa e as finanças. Grande parte das dívidas pode ser solucionada com uma melhor organização financeira.

A empresa pode ser atuante nesse sentido, oferecendo workshops, palestras, cursos e materiais para que os funcionários possam aprender melhor sobre dinheiro.

Faça uma avaliação dos salários

Além disso, também é importante verificar se os salários pagos estão condizentes com o mercado de trabalho e, também, com a situação financeira do país. Com a inflação como está, o salário de dois anos atrás consegue comprar bem menos itens atualmente.

Se a empresa tem boa estabilidade e sustentabilidade financeira, pode ser interessante oferecer aos colaboradores melhores salários.

Além dos ganhos de saúde financeira dos funcionários, a empresa ganha em reputação e imagem, já que as pessoas se sentem valorizadas e mais felizes.

Repense a política de benefícios

Se aumentar salários agora não é uma realidade para o estado atual do caixa da empresa, uma alternativa é repensar os benefícios corporativos.

Os benefícios são essenciais para dar mais estabilidade financeira e suprir despesas que o trabalhador teria por conta própria, como plano de saúde, alimentação, transporte, cursos, previdência, atendimento psicológico, academia de ginástica, dentre outros.

Também é possível oferecer benefícios corporativos financeiros, ou seja, aqueles que contribuem diretamente com a situação econômica do funcionário.

É o caso da Participação nos Lucros e Resultados (PLR), das premiações e bônus por tempo de serviço, comissões de vendas, dos auxílios para home office, das consultorias de investimentos, antecipação de recebíveis e outros.

Empréstimo consignado privado como benefício

Um benefício corporativo financeiro que pode ser a solução para acabar com o endividamento excessivo dos funcionários é o empréstimo consignado destinado a empresas privadas.

Ao se tornar parceira de uma instituição como a EmCash, sua empresa pode recomendar o empréstimo consignado aos funcionários. Eles se cadastram na plataforma e fazem a solicitação do crédito.

Por ser consignado, ou seja, o pagamento é descontado diretamente da folha salarial, os tomadores do empréstimo podem ter acesso a juros muito menores que nos bancos tradicionais.

Assim, podem trocar suas dívidas mais caras e com altas taxas por uma mais barata.

Sua empresa não tem nenhum gasto com a parceria, mas pode oferecer um benefício a mais para facilitar a vida da sua equipe.

Quer saber mais sobre esse tipo de facilidade? Veja tudo sobre o empréstimo consignado como benefício corporativo.

Quer conhecer mais sobre o benefício da EmCash? Preencha o formulário e entraremos em contato com você.