Quais são as melhores formas de emprestar dinheiro?

O que você acha de emprestar dinheiro a juros sem incorrer no ato de agiotagem, tudo dentro da lei? Pois é, conceder um empréstimo e ter lucro com isso não é privilégio apenas de bancos e financeiras – você também pode investir seus recursos e ser remunerado conforme taxa de juros acordada entre as partes.

O que permite isso são as denominadas fintechs, empresas que prestam serviços financeiros no ambiente digital, funcionando como intermediadoras entre o credor e o tomador de empréstimo.

As fintechs de crédito brasileiras estão amparadas por uma regulamentação que foi feita para revolucionar a forma como os tomadores de empréstimos podem se relacionar com os investidores. A Resolução 4.656/18 do Banco Central (BC), aprovada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) em 26 de abril de 2018, passou a permitir que essas empresas concedam crédito sem a intermediação de um banco, o que amplia de modo significativo seu campo de atuação.

Vale esclarecer que operações convencionais de investimento com os bancos tradicionais são, na verdade, formas de emprestar dinheiro a juros, pois as pessoas físicas estão literalmente emprestando seu dinheiro ao banco com uma remuneração pré-fixada ou atrelado a uma expectativa de remuneração variável associada ao risco assumido. Além dos bancos, você também pode conceder empréstimos para o Governo Federal, veja exemplo a seguir.

Enfim, são muitas as opções existentes no mercado bancário tradicional. E, a seguir, você vai conhecer as principais delas e entenderá como as fintechs trazem uma nova opção de remunerar seu dinheiro. Continue lendo para conferir!

Tesouro Direto

Essa é uma forma de emprestar dinheiro para o Governo Federal, por meio de títulos públicos com garantia de 100% do Tesouro Nacional. Você recebe os juros incorridos no período conforme a taxa e no prazo acordados na compra deste título. Sem dúvida, é o investimento com o menor risco do mercado, visto que você só não receberá seus juros caso o próprio Governo, ou seja, o país vá à falência – o que é bastante improvável.

Certificado de Depósito Bancário (CDB)

São títulos emitidos por bancos ou corretoras com a finalidade de captação de fundos de investidores, ou seja, de pessoas que querem emprestar o seu dinheiro com juros. Aqui estes, os juros, podem ser prefixados (definidos conforme modalidade do certificado no ato da compra) ou pós-fixados (dependem da variação do CDI). Como forma de garantir uma maior atratividade dos investidores, esta modalidade de investimento tem uma remuneração maior que uma aplicação na Poupança.

Debêntures

Normalmente, quem investe em debêntures (títulos de dívidas de empresas privadas) empresta recursos para uma empresa com o objetivo de financiar suas operações em troca de juros, ou seja, tornando-se credor de quem emitiu o título. São aplicações de renda fixa, que podem ser definidas como um empréstimo que o investidor faz a uma empresa que necessita de recursos.

Empréstimo através de uma Fintech

Uma fintech é uma startup que integra finanças com tecnologia para entregar ao cliente um produto financeiro a custos bem menores. Por ser digital, ela viabiliza uma série de ações em curto prazo, poupando e valorizando o tempo dos seus clientes – afinal, já que tudo se limita a ambientes online, é possível garantir valores e taxas menores.

Por meio de uma fintech, hoje é possível emprestar dinheiro para pessoas físicas e jurídicas, obtendo uma boa rentabilidade. Isso porque ela faz a conexão entre credores e tomadores de crédito, e em caso de inadimplência ela fica responsável por fazer a negativação junto ao SPC. Diante do eventual não pagamento do empréstimo, algumas fintech também fazem o serviço de cobrança junto ao devedor.

A recente regulamentação do Banco Central, abriu novas perspectivas não somente para mais pessoas terem o acesso ao crédito no país, mas também para os investidores terem mais uma opção de diversificação do seu investimento. Em outras palavras, pessoas podem emprestar dinheiro para outras pessoas recebendo juros correspondente ao risco e tempo do empréstimo exclusivamente através das fintechs. O fato é que, agora existem normas claras para orientar o setor como proceder com este tipo de operação financeira e uma forma determinante para incentivar os investidores a diversificarem seus investimentos buscando maior rentabilidade.

Além disso, amplia-se a margem para as fintechs ocuparem espaços antes dominados por bancos tradicionais, oferecendo serviços mais eficientes e ágeis quanto a análise de crédito e venda de seguros. Contudo, para operar como fintech de crédito entre pessoas, esta regulamentação exige o registro da fintech perante o Banco Central do Brasil como instituições financeiras.

Então, se você busca uma fintech que privilegia os interesses dos seus clientes, entende que educação financeira dos tomadores de crédito faz parte do seu propósito, bem como busca democratizar o acesso aos serviços financeiros para pessoas que ficavam à margem dos grandes bancos tradicionais, recomendamos que conheça a plataforma da EmCash. Esta fintech trouxe ao mercado financeiro uma plataforma inovadora com o objetivo de prestar serviço de crédito de fim-a-fim. Além de intermediar empréstimos entre pessoas com taxas atrativas e investimentos com ótima lucratividade, efetua crédito para funcionários de empresas, analisa o risco dos tomadores e formalização dos contratos, acompanha o pagamento das parcelas e por fim efetua a cobrança em caso de inadimplência.

A empresa ainda possibilita, entre outras vantagens, que os investidores visualizem com clareza os seus investimentos, assim como consigam observar de perto a sua rentabilidade. Tudo isso aliado à transparência das ações, dando aos investidores a possibilidade de acompanhar os seus lucros em tempo real.

Como vimos, emprestar dinheiro a juros é um investimento que pode ser feito tanto para pessoas físicas quanto pessoas jurídicas, então, cabe ao investidor decidir por diversificar sua carteira de investimento com o objetivo de aumentar o nível de rentabilidade que busca com seus investimentos. Seja como for, uma fintech pode ser uma excelente opção!

Gostou do nosso post? Agora, se ficou interessado no assunto, preencha o formulário abaixo e veja mais de perto o nosso trabalho!

Quer conhecer mais sobre o benefício da EmCash? Preencha o formulário e entraremos em contato com você.